CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Poeta Irineu Baroni
Simples assim, como a vida...
Textos

CORAÇÃO A MIL...
 
 
Sopra o vento em teus cabelos...
Murmúrios...
Doces palavras são ouvidas.
Pele morena;
carícias, toques, cheiro do mato.
Arrepios...
Corpo ardente de desejos,
tesão palpitante, coração a mil.
Teu perfume, teus lábios;
grandes ou pequenos?
Ponta da orelha, mordidas de leve;
sussurrar: - Eu te amo...
Toques de prazer, arrepios, levitação.
Mãos braços seios boca;
lábios ardentes, beijo louco,
cheio de paixão, amor.
Busca de sensatez,
num ato insensato, sem medidas, inconseqüente.
Prazer...
Procura de sensações acima da razão.
A brisa; cálida, única testemunha desse amor.
O sol; frio nos corpos em chama.
Gemidos, soluços;
canções audíveis na intimidade dos corpos...
O orgasmo, êxtase delirante...
Lágrimas!!!
Por quê? Certo? Errado?
A incongruência faz parte das paixões?
Silêncio... Deixe o coração falar.
Viva! Viva! Viva!
Deixa brotar em você tudo que é Vida!
O momento da concepção é tão breve como a morte.
Amor... que seja eterno enquanto dure.
O abraço, a ternura, o afago, o murmúrio...
Novos arrepios...
E então...
Irineu Baroni
Enviado por Irineu Baroni em 09/04/2009
Alterado em 22/05/2010

Música: Danças espanholas para piano Op 37 - Enrique Granados

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários